Pegadas de Dinossáurio

Na Pedreira do Galinha  pode encontrar testemunhos da passagem de dinossáurios conservados nas superfícies das camadas de calcários que constituem estes relevos.

Trata-se de uma superfície com cerca de 40 000m2 e centenas de pegadas de saurópodes, organizadas em vinte pistas. Duas das quais constituem as pistas mais longas do mundo com cerca de 140 a 150m de extensão.

 

Quer sentir ao natural a dimensão destes animais?

Passe pela Pedreira do Galinha e aprecie  as pegadas de dinossáurios que se conservaram na laje calcária ao longo de 175 milhões de anos .

 

Para obter mais informações visite o site: 

http://www.pegadasdedinossaurios.org

 

 

Este trabalho é uma colaboração do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), Associação Portuguesa de Aeronaves Não Tripuladas (APANT)  e Albatroz Engenharia.

 

Logos

 

Pegada_Frente_Esq

Impressão da mão esquerda                  

Impressão do pé do saurópode que revela um rebordo junto aos dedos formado pelo sedimento que foi afastado devido ao peso do animal.

                  

 

Dino_Right_Hand1_V3

Modelo 3D da mão direita