Setembro 2015 – Newsletter

Julho - Setembro 2015

 

Destaques:

Melhorando a gestão da vegetação

Novo estagio @ Albatroz Engineering

Melhorando a gama "Small Systems": Novo sistema ABZ Trax

Agora disponivel: aluguer de equipamento aeronáutico

 

 

Ler notícias da newsletter de Setembro de 2015 (inglês).

 

Para receber a versão integral da nossa Newsletter, contacte-nos através do e-mail info@albatroz.engineering 

Junho 2015 – Newsletter

Maio - Junho 2015

 

Destaques:

Albatroz Engenharia na CIRED 2015 em Lyon

Albatroz Engenharia na ERIAC na Argentina

   - Implementação de alternativas à inspecção de linhas por Helicóptero

   - Visialização Multi-camada e correlação espaço-tempo

Albatroz Engenharia em Espanhol

   - Estagiários espanhois na Albatroz.

 

 

  

Ler notícias da newsletter de Junho de 2015 (inglês).

 

Para receber a versão integral da nossa Newsletter, contacte-nos através do e-mail info@albatroz.engineering 

Abril 2015 – Newsletter

Março - Abril 2015

 

Destaques:

Gama "Small Systems" para levar o PLMI a todas as linhas

Albatroz Engenharia no Simposium IT4Energy 2015

Catenária em linhas de transmissão com o PLMI

Novo website

 

 

 

 

Ler notícias da newsletter de Abril de 20155 (inglês).

CIRED 2015

Albatroz Engenharia na CIRED 2015

 

Este ano a Conferência Internacional e Exposição de Distribuição de Energia Elétrica (CIRED),  teve sua 23ª edição realizada em Lyon (França) de 15 a 18 de junho. O local escolhido foi o Centro de Convenções de Lyon, que oferece uma silhueta elegante e única incorporado entre o Ródano e o Parc de la Tête d'Or.
Contando com 1287 participantes da conferência de 60 países, mais de 550 visitantes da exposição, a CIRED 2015 quebrou todos os recordes de participação de edições anteriores desde 1971.
Cobrindo todo o campo dos sistemas de distribuição de energia elétrica e serviços associados, os aspectos técnicos do fornecimento de electricidade e aspectos relacionados, tais como redução de custos, ambiente, organização e habilidades a CIRED ofereceu 4 dias de conferências e exposições, mesas redondas, fóruns de investigação e inovação, tutoriais e sessões de posters.
A Albatroz Engenharia esteve presente no stand #D1, ao lado de uma das áreas de coffee break e aproveitou a oportunidade para mostrar alguns dos seus produtos e serviços nas áreas de software, hardware e aeronáutica.

 

 

Implementação de sistemas de inspeção de linhas alternativos ao helicóptero

Implementação de sistemas de inspeção de linhas alternativos ao helicóptero

por J. Gomes-Mota, R. Oliveira, S. Antunes,

Albatroz Engenharia

 

apresentado na Conferência da ERIAC - Encuentro Regional Iberoamericano de Cigré, Argentina, 17-21 Maio 2015, ERIAC .

Distinguida como "melhor contribuição técnica" no Comité de Estudos B2 - Linhas Aéreas, a partir de um conjunto de 21 Contribuições Técnicas oriundas de 5 países.

 

Resumo

Este artigo surge na senda de dois artigos dedicados à conceção de sistemas de inspeção de linhas elétricas apresentados no XII ERIAC (2007, Brasil) e no XIV ERIAC (2011, Paraguai). Em 2015, os autores apresentam as primeiras implementações de sistemas de inspeção alternativos aos helicópteros que permanecem como a ferramenta de referência para inspeção de linhas de transmissão.
O desenho dos novos sistemas obedeceu a três exigências fundamentais: 1) continuidade de interpretação entre os diferentes métodos de inspeção; 2) manutenção das características de integração, flexibilidade e dados em tempo real herdados dos sistemas heli-transportados e 3) complementaridade de métodos de inspeção.
O sistema de inspeções terrestres a partir de um veículo terrestre foi introduzido em 2011 e melhorado: na modalidade atual, dispõe de registo vídeo 2MPixel e um mini-LiDAR com cerca de 50m de alcance na deteção de cabos, associado a GPS e sensor de orientação. Este sistema foi declinado numa versão portátil que pode ser transportada e usada em locais de difícil acesso.
Os sistemas baseados em veículos aéreos não tripulados [VANT] de asa rotativa desenvolveram-se muito desde 2011, sobretudo os do tipo "multicopter" com um arranjo simétrico de hélices. E se, por um lado, esta expansão e banalização lançou no mercado as primeiras soluções "práticas" para inspeção de infraestruturas, nomeadamente torres de linhas elétricas, torres eólicas e chaminés de centrais térmicas, por outro, evidenciou as limitações de eficiência operacional resultantes de limites regulatórios ao vôo, das características físicas dos sistemas e do desempenho dos operadores. A solução tem sido limitar as inspeções às modalidades visuais, tirando partido da leveza e qualidade dos sistemas de imagem digital e da enorme melhoria entretanto registada na largura de banda e cobertura das redes sem fios.
Também os VANT de asa fixa foram usados para inspeções de linha experimentais ou de I&D. Neste caso, a ajuda de pilotos automáticos permite estender o alcance e tempo de trabalho dos sistemas enquanto reduz a fadiga do piloto que exerce apenas a função de supervisor, guardando-se para as fases especiais do vôo: a descolagem, calibração de sensores e aterragem e a resolução de exceções.
A exigência de compatibilidade dos produtos de inspeção pode contribuir para limitar alguns desenvolvimentos de sistemas mas pode servir também para reforçar a complementaridade entre modos de inspeção. Neste caso, o que se pretende é que os produtos ou métodos de análise de cada modo de inspeção sejam complementares aos outros para assim ver a linha sob um novo ponto de vista. Além da complementaridade nos modos de inspeção (incluindo variação de veículos, sensores e procedimentos) pode também ser útil introduzir heterogeneidade nas frequências e modos de inspeção, adaptando os ritmos a cada um dos fenómenos a observar. A simplificação ou supressão de modos de inspeção pode contribuir significativamente para o aumento da eficiência económica da inspeção e, por vezes, até para o aumento da sua eficácia técnica pela redução de restrições ou incompatibilidades entre modos de inspeção.

Palavras chave:

Inspeção – Helicóptero – VANT - Todo-o-terreno - Processamento em tempo real - Interface homem-máquina – Ergonomia – Autonomia – Aeronavegabilidade.

12861_video0

Inspecção com vídeo visível

Inspecção com câmara de infra-vermelhos

Exemplos de dados recolhidos com sistemas de pequeno porte alternativos ao helicóptero

Análise de dados de inspecções com LiDAR para calcular a taxa de aproximação da vegetação às linhas aéreas

Análise de dados de inspecções com LiDAR para calcular a taxa de aproximação da vegetação às Linhas Aéreas

por Rita Lopes1, Sandra Cordeiro1, Francisco Azevedo2, João Gomes Mota1

1 Albatroz Engenharia, Portugal, 2 NOVA Laboratory for Computer Science and Informatics, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Lisboa, Portugal

apresentado no simpósio IT4Energy, Lisboa, Abril 2015.

 

Resumo

Os factores ambientais são responsáveis pela maioria dos problemas das linhas eléctricas aéreas, estando uma parte significativa relacionados com a vegetação, maioritariamente na rede de distribuição. A manutenção é a chave para reduzir as ocorrências de acontecimentos relacionados com a vegetação, tem no entanto um impacto significativo no custo da gestão de activos da rede eléctrica e portanto deve ser optimizada. Este trabalho propõe um método para calcular as taxas de aproximação da vegetação, baseado nos dados LiDAR adquiridos durante as inspecções aéreas, com o intuito de optimizar os processos de manutenção e reduzir o impacto desta actividade na biodiversidade local.

Palavras chave:

Manutenção; Linhas eléctricas aéreas; Inspecção; LiDAR; Gestão da vegetação

braga3d2_2008

Avanços na Gestão da Vegetação para melhorar a fiabilidade

Avanços na Gestão da Vegetação para melhorar a fiabilidade

por J. Gomes-Mota, F. Azevedo1, J. Casaca2, V. Almeida, N. Pinho da Silva, L. Campos Pinto2

1CENTRIA, Faculdade de Ciências e Tecnologia Universidade Nova de Lisboa, 2REN - Rede Eléctrica Nacional

apresentado por Vítor Almeida na International Conference on Condition Monitoring, Diagnosis and Maintenance - CMDM 2012, 2-5 de Setembro, 2013, Bucareste, Roménia, cmdm2013.org

 

Resumo

Os incidentes atribuídos a causa de vegetação passaram de uma das causas principais para um impacto negligenciável em menos de uma década.Isto deveu-se ao efeito cumulativo de quatro programas independentes, mas concorrentes, : 1 ) As inspecções de rotina com medição de distância com LiDAR estendida para toda a rede, atrbiuindo medidas quantitativas associados com graus de severidade para cada árvore potencialmente perigosa; 2) a classificação da faixa de passagem da linha eléctrica de acordo com o uso da terra , a densidade da vegetação e classificação das taxas de crescimento de árvores ; 3) acções específicas incluindo poda de árvores, poda e corte com as prioridades estabelecidas pela gravidade e criticidade de cada linha eléctrica; 4) as políticas públicas para a criação de rotas secundárias para remover a biomassa das florestas que mandatou o Operador do Sistema de Transmissão [ TSO, Transmission System Operator] limpar os caminhos de acesso (aceiros) em torno das linhas eléctricas.

O TSO Português (REN - Rede Eléctrica Nacional ) opera uma rede de 8443 km da linhas eléctricas aéreas com três níveis de tensão e incorre em custos significativos de investimento e de operação para atingir e manter o número de incidentes de vegetação em níveis mínimos. Por esse motivo, é importante criar um programa que substitua as actuais acções sistemáticas cegas por abordagens probabilísticas conduzindo à gestão baseada na análise de risco. Isso combina informações dos quatro programas com meio ambiente, confiabilidade e gestão de activos, dados com informações de terceiros. Tendo em conta que a qualidade de serviço por incidentes devidos à vegetação já está num nível ideal, o trabalho actual visa a optimização do processo também.

Palavras-chave

Gestão da vegetação, inspecção LiDAR, classificação, biomassa, gestão baseada no risco, optimização, manutenção.

2013_ren_vegetation_management

Exemplo de práticas avançadas de gestão da vegetação apoiadas pela REN, o operador de rede de transmissão [TSO, Transmission System Operator] Português.

Prototipo para la Monitorización de la Infraestructura Ferroviaria utilizando Sensores Lidar, Imagen de Video y GPS: Primeros Resultados (ES)

Prototipo para la Monitorización de la Infraestructura Ferroviaria utilizando Sensores Lidar, Imagen de Video y GPS: Primeros Resultados

por F. Goméz Bravo1, A. Vale2, J. Gomes-Mota2

1 Departamento de Ingeniería Electrónica, Sistemas Informáticos y Automática.
Escuela Politécnica Superior, Universidad de Huelva. Carretera de Palos-La Rábida s/n. 21071 Huelva España.

2 ALBATROZ Engenharia, Investigação, Desenvolvimento e Inovação,
Rua da Conceição 60,1º P-1100-154 Lisboa, Portugal

apresentado nas XXVIII Jornadas de Automática of Universidad de Huelva, Spain, 5-7 Setembro, 2007. O seminário foi organizado Escuela Politécnica Superior e pelo Departamento de Ingeniería Electrónica y Automática.

Artigo em Espanhol, publicado nos relatórios das XXVIII Jornadas de Automática. ISBN: 978-84-690-749-8.

 

Resumo

Este artículo presenta resultados experimentales sobre técnicas de monitorización del estado de la infraestructura ferroviaria. Los datos fueron obtenidos durante unos ensayos realizados con el tren auscultador TALGO en líneas de alta velocidad de ADIF. La monitorización se realizó en tiempo real utilizando datos provenientes de sensores láser, una cámara de video y un receptor GPS.

Palavras-chave

Sistemas de percepción, Fusión sensorial, Reconstrucción 3D, Segmentación de imágenes, Infraestructura ferroviaria.

 

Taking Accurate Measurements of High Voltage Installations with Laser Range Scanners and GPS

Taking Accurate Measurements of High Voltage Installations with Laser Range Scanners and GPS

por J. Gomes-Mota1, A. Vale2, A. Matos-André1, M. I. Ribeiro2

1LABELEC/Grupo EDP, 2Instituto de Sistemas e Robótica/Instituto Superior Técnico
apresentado na CIGRÉ06 – Sessão 41 (Comité de Estudos B2) Paris, França, 28 de Agosto a 1 de Setembro, 2006.

Notas

Este artigo relata o projecto de I&D que viria a dar origem à solução Power Line Maintenance Inspection [PLMI].
Embora o artigo tenha sido submetido com a filiação na LABELEC, foi já a Albatroz Engenharia que financiou a participação Sessão e na Exposição Técnica da CIGRÉ06.
esteiraHorizontalCilindros_400kV

 

Limiares de classificação para uma linha de 400kV com três fases horizontais e dois cabos de terra.

 

Resumo

Laser range systems are a valuable tool to measure live power installations, as they allow accurate measurements to be taken from a safe distance without disturbing electrical system operation.

A laser range scanner standing in one location will create a local model of free space around it. A laser range scanner mounted on a moving vehicle with Global Positioning System (GPS) provides a 3D geometrical model of the installation and the environment surrounding it. Laser systems combined with GPS localisation are used to measure clearance around overhead lines (OHL) and real-time sag variations. These solutions supply 3D metric data for maintenance processes, technical and legal audits, hazard assessment and safety training. Spin-off applications include fast as-built models of installations and updates of Geographical Information Systems (GIS) representations.

High-quality high-cost devices borrowed from aerial topography have been used in the past for some of these applications. The paper describes a new approach based on low-cost, portable, industrial laser range scanners and consumer electronics. These scanners can be operated from the ground or from a helicopter, as LABELEC does to inspect OHL. At present, their measuring range is up to 60m (197ft) or 80m (262ft), depending on target reflectance; their typical accuracy is near 2cm (1in) for still applications, up to ten times fold for moving, airborne applications. Although their accuracy and resolution are much lower than their topography counterparts, the authors show that they are sufficient for the aforementioned applications and offer a better value to cost ratio.

Preliminary experiments, described in the paper, proved the feasibility of this approach in cases the goal were to certify the compliance of warped substation bus rods to mechanical stress regulations and to verify tree clearance distances around OHL. Current efforts aim at developing an integrated solution with the airborne inspection of OHL, leading to significant efficiency gains. Significant challenges remain on the robustness and scalability issues, equipment wear out, data integration with GIS and optimal data representation for clients. The long-term goals are to integrate the laser scanner with video and audio streams to create a synchronous and coherent representation of the line track; to create real-time 3D models automatically and to develop software for various applications, starting with OHL clearance management and tree identification and growth forecast.

Palavras-chave

Overhead Lines (OHL), Right of Way (ROW), Clearance, Quality of Service, Safety, Laser Range Scanner, Laser Imaging Detection and Ranging (LIDAR), Global Positioning System (GPS).

Resumo traduzido

“Os sistemas de medição com laser são uma ferramenta valiosa para inspeccionar instalações eléctricas sob tensão pois permitem obter medidas rigorosas a partir de distâncias seguras e sem perturbar a operação do sistema eléctrico.

Com um laser de medição e varrimento (laser range scanner) instalado numa posição pode criar-se um modelo do espaço livre à sua volta. Um mesmo laser de medição e varrimento montado num veículo com receptor GPS (Global Positioning System) gera um modelo tridimensional (3D) da instalação eléctrica e do ambiente à sua volta. Os sistemas laser combinados com localização por GPS são usados para medir distâncias de segurança em torno de linhas eléctricas aéreas e variações de flecha em tempo real. Estas soluções providenciam dados métricos em 3D para as actividades de manutenção, auditorias técnicas e legais, avaliação de riscos e treinos de segurança. Outras aplicações conexas incluem modelos “tal qual” (as built) de instalações e actualizações de representações em Sistemas de Informação Geográfica (GIS).

Os sistemas de alta qualidade e alto custo provenientes da topografia aérea foram usados no passado para algumas destas aplicações. O artigo descreve uma nova abordagem baseada em sistemas de baixo cusot, portáteis, recorrendo a laser range scanners industriais e electrónica de consumo. Estes lasers podem ser operado a partir do chão ou a partir de um helicóptero como a LABELEC faz para inspeccionar linhas eléctricas aéreas. Actualmente, o seu alcance de medida é de 60m a 80m, dependendo da reflectância dos alvos, a sua exactidão é próxima de 2cm para aplicações fixas e cerca de dez vezes mais para aplicações móveis, terrestres ou aéreas. Os autores mostram que embora a exactidão e resolução destes equipamentos sejam muito inferiores aos equipamentos topográficos usados para o mesmo fim, eles são suficientes para as aplicações supra-indicadas e oferecem uma melhor relação desempenho/preço.

Os ensaios preliminares descritos no artigo provam a viabilidade da abordagem nos casos em que o objectivo era verificar a deformação de varas de barramentos em subestações relativamente a normas de esforço mecânico e para medir as distâncias de seguranças em torno das linhas eléctricas aéreas. Os trabalhos actuais envolvem a integraçao destas funções na rotina actual de inspecções, o que deverá dar origem a ganhos de eficiência muito importantes. Subsistem desafios importantes nas áreas da robustez e escalabilidade da solução, desgaste do equipamento, integração de dados com os GIS e apresentação optimizada dos dados para os clientes. Os objectivos de longo prazo envolvem a integração dos dados laser com vídeo e áudio para criar uma representação coerente e síncrona da linha e faixa envolvente; a criação de modelos 3D automáticos e o desenvolvimento de software para várias aplicações, começanco com as linhas eléctricas aéreas, gestão da limpea da faixa e identificação de árvores e estimação de crescimento.”

Notas:
Este artigo relata o projecto de I&D que viria a dar origem ao Power Line Maintenance Inspection.
Albatroz Engenharia esteve presente na Exposição Técnica da CIGRÉ06.